Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

Quarta, 17 Agosto 2016 18:27

Espaço Livre

Educadora financeira alerta sobre uso indiscriminado do cartão de crédito

Em entrevista à Rádio Difusora, Denise Oliveira destacou o bombardeamento de propagandas e a facilidade em ter cartão de crédito

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Programa Espaço Livre vai ao ar de segunda a sexta, às 9h30, pela Rádio Difusora 960AM, emissora do Instituto Zumbi dos Palmares Programa Espaço Livre vai ao ar de segunda a sexta, às 9h30, pela Rádio Difusora 960AM, emissora do Instituto Zumbi dos Palmares Ascom/IZP
Texto de Rafael Brito com Agência Alagoas

A educação financeira foi destaque no programa Espaço Livre, do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), desta quarta-feira (17). A profissional do segmento, Denise Oliveira foi entrevistada e abordou a pauta que tem a finalidade de conscientizar os ouvintes sobre a importância de priorizar gasto, não se deixar ser incentivado pelo consumo, mesmo com a facilidade da aquisição do cartão de crédito, para não prejudicar a vida financeira pessoal e familiar.

 

“Existe o projeto de lei para incluir educação financeira desde a educação infantil. O brasileiro não tem essa educação. Aprende quando começa a lidar com dinheiro e, muitas vezes, não aprende. Para piorar, nós somos bombardeados desde a hora de acordar com propagandas que incentivam o consumo. Como exemplo, o jovem ingressa na faculdade e já existe o oferecimento de fazer um cartão mesmo sem ter renda”, afirmou Denise Oliveira.

 

Sobre o uso sem planejamento do cartão, ela destacou o comprometimento de renda que é causado. “As pessoas vão comprando, comprando e não percebem. A compra por impulso é o principal problema. Hoje, juros do cartão estão 15% ao mês. A grande maioria, 75% dos inadimplentes são dependentes do cartão de crédito. Faz até mesmo a feira mensal no cartão. Ou seja, vira escravidão. Nem recebeu direito, porém já está com a renda comprometida.”

 

Em relação às recomendações para ter maiores cuidados com a saúde financeira, Denise mencionou o desuso do cartão de crédito e o registro de todos os gastos independente do valor. “De preferência não use o cartão. Quando se compra a vista você tem o poder de pedir desconto. Se tiver cartão, coloca o limite 50 por cento do seu salário porque o primeiro passo é reduzir o valor do limite. Trabalhamos para a pessoa valorizar o fruto do seu trabalho, que é o salário. Caso não consegue se controlar, deixa o cartão em casa. O processo de educação financeira começa com o despertamento da consciência. Sempre se perguntando se é realmente necessário comprar determinado bem”, orientou Denise Oliveira.

 

O programa Espaço Livre vai ao ar de segunda a sexta, às 9h30, pela Rádio Difusora 960AM, emissora do Instituto Zumbi dos Palmares.