Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 07 Agosto 2020 15:49
REFORÇO

Cisp de Joaquim Gomes vai fechar cinturão de segurança na região Norte

Ao assinar ordem de serviço para início da obra, Renan Filho anunciou a instalação dos Centros Integrados de Segurança Pública de Novo Lino e de Colônia Leopoldina

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Ao assinar ordem de serviço para início da obra, Renan Filho anunciou a instalação dos Centros Integrados de Segurança Pública de Novo Lino e de Colônia Leopoldina Ao assinar ordem de serviço para início da obra, Renan Filho anunciou a instalação dos Centros Integrados de Segurança Pública de Novo Lino e de Colônia Leopoldina Márcio Ferreira
Texto de Severino Carvalho

O cinturão de segurança começa a se fechar em torno da região Norte de Alagoas. Isso porque o governador Renan Filho e o secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, assinaram, nesta sexta-feira (7), a ordem de serviço para a construção do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Joaquim Gomes, que será o 27º erguido no Estado. O chefe do Executivo anunciou, ainda, a instalação de mais duas unidades, uma em Novo Lino e outra em Colônia Leopoldina.

“A decisão de fazer o Cisp de Joaquim Gomes é para que a gente possa monitorar melhor a BR-101, num dos trechos que mais necessitam de atenção em Alagoas no que concerne à ocorrência de assaltos a ônibus, de pequenos furtos e de roubo de cargas”, observou Renan Filho, acrescentando que a mesma estratégia de monitoramento está sendo feita ao longo da rodovia litorânea AL-101 Norte, onde já foram instalados Cisps em São Miguel dos Milagres e São Luís do Quitunde.

Nesta mesma região serão instalados Centros Integrados em Matriz de Camaragibe e Porto Calvo. Renan Filho espera, até o final deste segundo mandato, atingir a meta de 40 Cisps instalados em Alagoas, cobrindo 60% da população com essa eficiente estratégia de segurança pública.

Até o momento, 24 Cisps estão em funcionamento no Estado e outros dois, prestes a serem entregues nos municípios de Lagoa da Canoa e Coruripe. “Isso garante a Alagoas alcançar melhores resultados na segurança pública a cada dia. Neste último mês, inclusive, recolhemos os melhores resultados que o Estado já obteve em um mês com o menor número de homicídios e de assaltos a coletivos. Estamos ainda há quase um ano sem registrar assaltos a instituições financeiras. Isso demonstra a dedicação e a eficiência da polícia alagoana”, comentou Renan Filho.

Depois de quatro meses, desde que teve início a pandemia da Covid-19, o governador voltou a assinar uma ordem de serviço para a construção de um Cisp. O ato ocorreu no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares e contou, ainda, com as presenças do diretor-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira; dos comandantes-gerais da Polícia Militar, Marcos Sampaio; e do Corpo de Bombeiros, André Madeiro; do deputado estadual Antônio Albuquerque e do prefeito de Joaquim Gomes, Adriano Barros.

“Esse Cisp, sem dúvida nenhuma, será muito benéfico para todos nós e para a região como um todo. Com certeza teremos uma eficiência maior no desempenho dos trabalhos da polícia na região”, agradeceu o prefeito de Joaquim Gomes.

O secretário Lima Júnior lembrou que com a chegada do Cisp, o município também é contemplado com o Programa Força Tarefa de Segurança Pública, além de quatro viaturas de grande porte.

“Com o Cisp, o município ganha o serviço 24 horas da Polícia Civil para o registro de boletins de ocorrência, um reforço no policiamento e o fortalecimento da integração das forças policiais na região”, pontuou Lima Júnior. Serão investidos na construção do Cisp de Joaquim Gomes cerca de R$ 1,8 milhão.

“Temos visto que ali em Joaquim Gomes existe uma área que necessitava de um suporte maior da Segurança Pública. A instalação desse Cisp vai refletir em Colônia Leopoldina, em Novo Lino, Flexeiras e na região toda, fechando com Messias, que já possui um Cisp”, finalizou o secretário.