Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

Quarta, 22 Julho 2020 13:35

Pesquisa

Pesquisa: 75,8% dos servidores da saúde atendidos no Helvio Auto estão satisfeitos

Profissionais da Saúde com Covid-19 que buscaram atendimento na instituição participaram do estudo

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Trabalhadores da saúde com Covid-19 avaliaram o atendimento do HEHA em questionário on-line com oito questões Trabalhadores da saúde com Covid-19 avaliaram o atendimento do HEHA em questionário on-line com oito questões Ana Paula Tenório
Texto de Ana Paula Tenório

O Hospital Escola Dr. Helvio Auto (HEHA), unidade assistencial da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), desenvolveu uma pesquisa de satisfação sobre o acompanhamento do servidor da Saúde acometido pela Covid-19 na instituição. Do total das respostas, 75,8% dos entrevistados apontaram que estão satisfeitos ou muito satisfeitos com o atendimento do HEHA nos casos suspeitos de Covid-19.

Com o propósito de conhecer e entender a percepção sobre o atendimento, a Gerência Geral do Hospital desenvolveu e aplicou a pesquisa para gerar informações necessárias para avaliação do trabalho, e por meio das respostas, promover melhorias no atendimento.

A pesquisa foi aplicada por meio da plataforma Google Formulários, com identificação opcional do entrevistado e não identificava a unidade de saúde responsável pelo estudo, para não influenciar nos resultados.

Com o título: Acompanhamento do servidor acometido pela Covid-19, o estudo foi aplicado de forma online, de 9 a 20 de julho de 2020.

Os resultados apontaram que 36,4% dos entrevistados se consideram muito satisfeitos com o atendimento, já 39,4% disseram que ficaram satisfeitos. O grau de satisfação na soma dos dois indicadores aponta para 75,8% de profissionais da Saúde satisfeitos ou muito satisfeitos com o atendimento da Covid-19 no Hospital Helvio Auto. 18,2% disseram que estão insatisfeitos e 6,1% informaram que estão muito insatisfeitos com o atendimento obtido.

"O maior fator apontado como responsável pelo percentual de insatisfação foi a demora no resultado dos exames, que devido à grande demanda no Lacen, fugia da nossa atuação como instituição", explicou Ângelo Roncalli, assessor da Gerência Geral e idealizador da pesquisa.

Para a gerente-geral do HEHA, Rita Rebelo, o resultado positivo da pesquisa não foi surpresa. "Desde o final do mês de janeiro estamos trabalhando e organizando o serviço para ser adaptado à pandemia da Covid-19. Fomos uma das primeiras instituições públicas a formar um Comitê de Contingenciamento de Crise para Covid-19 e aplicar protocolos discutidos e validados pela equipe", declarou Rita Rebelo.

Além dos servidores do Hospital Escola Dr. Helvio Auto, funcionários de outros serviços de saúde do estado também participaram da investigação, trazendo uma visão externa sobre o desempenho do atendimento no hospital.