Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas

 

 

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1037

Terça, 19 Fevereiro 2019 12:54

FOLIA

Centro Psiquiátrico judiciário realiza festividade carnavalesca

Evento busca proporcionar momento de animação e integração entre pacientes e familiares

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Festividade do CPJ  vai proporcionar momento de animação e de integração entre os participantes Festividade do CPJ vai proporcionar momento de animação e de integração entre os participantes Jorge Santos
Texto de Janaina Marques

Alegria e descontração vão marcar a folia de carnaval que acontece nesta na quinta-feira (28), no Centro Psiquiátrico Judiciário Pedro Marinho Suruagy (CPJ), situado no complexo prisional alagoano. E para animar a festividade, o baile de carnaval contará com a presença da Banda da Polícia Militar de Alagoas e de atividades de recreação para os internos, familiares e servidores da unidade.

Para o chefe do Centro Psiquiátrico Judiciário, Alessandro Luz, além de brincar e cantar ao som das marchinhas carnavalescas, o objetivo do evento é realizar a integração dos pacientes e de seus familiares por meio de atividades lúdicas. “A festividade busca proporcionar um momento de descontração e trazer um pouco da realidade de fora da unidade, além de mudar a rotina dos pacientes, proporcionando um momento de integração deles com seus familiares”, disse.

O evento faz parte da metodologia utilizada pela unidade, que, por meio de ações conjuntas entre a Chefia e a equipe de saúde e de psicossocial da unidade, busca criar atividades que proporcionem avanços no estado dos pacientes e auxiliem no tratamento dos transtornos mentais, garantindo a melhoria dos serviços realizados pela unidade.

Centro Psiquiátrico Judiciário

Inaugurado em maio de 1978, o Centro Psiquiátrico Judiciário Pedro Marinho Suruagy é responsável pela custódia e tratamento de pacientes psiquiátricos condenados a cumprir Medida de Segurança. O local possui enfermaria, consultórios médico e odontológico, sala de aula, espaço para terapia ocupacional e arena para eventos. O Centro Psiquiátrico já foi considerado referência nacional na área de tratamento de transtornos mentais. A Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) já trabalha para que a unidade volte a ser modelo de excelência na área, realizando ações que visam otimizar a infraestrutura e o serviços realizados no local.