Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 12 Junho 2018 17:05
CELEBRAÇÃO

Escolas do Cepa apresentam musicais em homenagem ao Dia dos Namorados

Seis escolas do complexo foram contempladas com o show elaborado por alunos

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Sarah de Oliveira e Jéssica de Oliveira destacam benefícios da música Sarah de Oliveira e Jéssica de Oliveira destacam benefícios da música Foto: José Demétrio
Texto de Ana Carolina Lima

No dia 12 de junho, casais em todo o país comemoram o Dia dos Namorados. Para celebrar a data, oito alunos de duas turmas de violão do Centro de Arte e Mediações Culturais (Camec) fizeram apresentações em seis escolas do Cepa. As apresentações ocorreram nas escolas estaduais José Correia da Silva Titara, Moreira e Silva, Princesa Isabel, D. Pedro II , Afrânio Lages e José da Silveira Camerino, as quais receberam um repertório composto de quatro músicas.

 

Juliana Amorim, diretora do Camec - órgão da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) que tem como intuito de promover a cultura para a comunidade - afirma que, além da celebração do Dia dos Namorados, as apresentações servem também para atrair novos alunos para o curso de violão. O curso, que encerra as aulas do primeiro semestre este mês, retoma as atividades em julho, já com as inscrições para novas turmas.

 Apresentações ocorreram em seis escolas do Cepa (Foto: José Demétrio)

“Sempre temos duas apresentações, uma no meio e a outra no fim do ano para que os alunos possam mostrar seu desenvolvimento. Esse ano, mudamos a estratégia das apresentações: primeiro, fizemos nas escolas, onde formaremos um público que também poderá participar das aulas que oferecemos e depois teremos o nosso recital em um teatro”, relata.

 

Benefícios da música - Segundo o professor Odílio Vieira, as aulas de violão do Camec contam atualmente com 20 alunos, divididos entre as turmas de iniciantes e intermediários. Vieira diz que as aulas são abertas a quem se interessar pelo instrumento. A prioridade, no entanto, é para alunos e profissionais da rede estadual de ensino.

 

“A música é uma das poucas artes, isso foi comprovada cientificamente, que trabalha com todas as áreas do cérebro. Além disso, engloba também a esfera emocional dos alunos, trabalhando a integração, trabalho em equipe e o respeito ao próximo. Fora que, para a saúde mental e espiritual, a música serve como um grande remédio”, destaca.

 Sarah de Oliveira e Jéssica de Oliveira destacam benefícios da música (Foto: José Demétrio)

Sarah de Oliveira e Jéssica de Oliveira, ex-alunas das escolas Princesa Isabel e Professor Afrânio Lages, contam como a música influenciou suas vidas. Jéssica diz que a música lhe auxiliou na aprendizagem, ajudando no raciocínio. Sarah concorda e diz que, além de ajudar nos estudos, a música traz harmonia.

 

“O professor é muito dedicado, está sempre inovando nas aulas. O objetivo dele é que consigamos entender e aprender, sempre avançando. Além disso, ele utiliza músicas atuais, jovens”, expõe Jéssica de Oliveira.