Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 24 Abril 2018 09:02
EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA

Gestão nos presídios alagoanos inspira produção de excelência na Ufal

A partir do trabalho da Secretaria da Ressocialização, alunos discutem políticas públicas para educação em prisões na universidade

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Novas atividades estão sendo planejadas pela Seris para impulsionar a educação nos presídios Novas atividades estão sendo planejadas pela Seris para impulsionar a educação nos presídios Jorge Santos
Texto de Mayara Wasty

A oferta de ensino nas prisões de Alagoas tem ganhado cada vez mais evidência no meio acadêmico. Recentemente, uma pesquisa de iniciação científica desenvolvida por estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), com o auxílio da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), foi premiada com a excelência acadêmica. A aceitação foi tão positiva que gerou uma disciplina eletiva no Centro de Educação (Cedu) da Ufal.

 

Com o tema “Políticas Públicas para a Educação no Sistema Prisional: da Legislação às Ações Implementadas no Estado de Alagoas”, o projeto aprofunda a temática sobre o cárcere, muda a perspectiva sobre o assunto e produz estudos e conteúdos direcionados.

 

Maria da Conceição Valença, professora-adjunta do Cedu, destaca a importância da parceria com a Seris. “Ambas as instituições têm como finalidade esse trabalho de humanização. Entendo a parceria com a Seris como um salto qualitativo em Alagoas. A gerência de Educação, por exemplo, tem nos motivado cada vez mais a desenvolver novas atividades”, comenta.

 

Para o gerente de Educação, Produção e Laborterapia, agente penitenciária Andrea Rodrigues, a parceria com a Universidade Federal representa uma grande conquista para aqueles que fazem a educação nas prisões. “As pessoas terão acesso às informações sobre o sistema prisional alagoano de forma sistematizada e produzirão mais conteúdo sobre o assunto”.

 

Ainda neste ano, novas atividades estão sendo planejadas pela Seris para impulsionar ainda mais a educação nos presídios alagoanos. Dentre os projetos, estão: a proposta de uma especialização em educação nas prisões, assim como a realização do 2º Fórum de Educação nas Prisões, em dezembro.