Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 10 Janeiro 2018 13:56
panorama dos serviços

Gestores da Casal no Agreste apresentam panorama do abastecimento na região

Presidente Clécio Falcão e vice-presidente Francisco Beltrão conduziram encontro em Arapiraca

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Reunião entre diretores da Companhia e gestores da região Agreste. Reunião entre diretores da Companhia e gestores da região Agreste. Fotos: Diego Barros
Texto de Diego Barros

Os gestores da Unidade de Negócio Agreste, da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), reuniram-se em Arapiraca, nesta quarta-feira (10), com o presidente Clécio Falcão, o vice-presidente de Gestão Operacional, Francisco Beltrão, e o superintendente de Negócio do Interior, Eduardo Henrique, para apresentar um panorama dos serviços prestados pela empresa na região.

 

O encontro é uma iniciativa da diretoria da empresa, que vem realizando reuniões com cada Unidade de Negócio e de Serviço, além de Assessorias e Superintendências, para saber como foi o ano de 2017 e como se inicia 2018.

 

“Fazemos um bate-papo, no qual apresentamos a eles os principais temas que envolvem a Casal, as principais ações que estão em andamento e o que mudou na empresa, em vários aspectos, nos últimos três anos. Também é uma ocasião em que cada gestor pode nos apresentar diretamente suas demandas e colocar suas impressões sobre a Companhia”, pontuou o presidente Clécio Falcão.

 

No encontro em Arapiraca, o gerente da UN Agreste, Tácito Marques, os coordenadores, supervisores e chefes de núcleos da região colocaram para os diretores da empresa como está o abastecimento de água em cada município, quais são as principais deficiências e o que precisa ser feito para garantir melhorias.

 

Todas as demandas foram discutidas pelos diretores e serão encaminhadas para que sejam atendidas, na medida do possível, o quanto antes. Na oportunidade, o presidente relembrou que, nos últimos três anos, a Companhia atingiu o reequilíbrio tarifário. “Com apoio do Governo do Estado, conseguimos esse reequilíbrio e hoje a tarifa remunera os serviços prestados pela empresa”, salientou.

 

Ele também recapitulou que, em 2014, a Companhia teve um deficit de R$ 53 milhões. Em 2015, já no primeiro ano da atual gestão, esse déficit caiu para R$ 23 milhões. Em 2016, após décadas dando apenas prejuízo, a empresa teve um superavit de R$ 7,5 milhões.

 

“Isso trouxe de volta para  Casal a capacidade de fazer investimentos. Por essa razão, em 2017 celebramos com o Governo do Estado uma parceria para investir R$ 100 milhões em obras e melhorias de nossos serviços em todos os 77 municípios. Desse total, R$ 50 milhões são aplicados pela Companhia e os outros R$ 50 milhões pelo Governo. Essa parceria segue até julho de 2018, que é quando se completa um ano”, detalhou o presidente.