Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 03 Janeiro 2018 16:58
PRAZOS

Governo do Estado tira do papel obras históricas, diz Renan Filho

Ele falou que a expectativa é de que o Eixo Quartel seja inaugurado até o final de janeiro e o Eixo Cepa, até o fim de março

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Governador Renan Filho citou Hospital da Mulher (foto) e Hospital Metropolitano, que estão sendo construídos, como os maiores investimentos em saúde pública da história de Alagoas Governador Renan Filho citou Hospital da Mulher (foto) e Hospital Metropolitano, que estão sendo construídos, como os maiores investimentos em saúde pública da história de Alagoas Carla Cleto
Texto de Severino Carvalho

O governador Renan Filho afirmou, nesta quarta-feira (3), durante visita ao Abrigo Luiza de Marillac, localizado no bairro do Bebedouro, em Maceió, que o Estado está tirando do papel obras históricas. De acordo com ele, este ano, o Governo terá novo fôlego para tocar as obras de infraestrutura, gerando mais empregos e elevando a competitividade de Alagoas no cenário econômico.

 

Renan Filho disse que a expectativa é de que o Eixo Quartel seja inaugurado até o final de janeiro e o Eixo Cepa, até o fim de março. “São obras complexas, mas há quanto tempo as pessoas falavam que era importante desafogar a Fernandes Lima, mas nunca fizeram?”, indagou o governador. “São obras faladas há muito tempo e que os governos não entregavam, então a principal marca de nossa gestão é que a gente materializa o que foi proposto”, complementou.

 

O Eixo Quartel terá seis quilômetros de extensão, com início na Rua Marieta Lages, no bairro do Farol, próximo à Super Pizza, estendendo-se até a Rua Ranildo Cavalcante, na Gruta de Lourdes. Renan Filho falou da complexidade da obra e da atuação institucional do Governo do Estado para viabilizá-la.

 


“No Eixo Quartel, a gente cortou um terreno do Exército e comprou um terreno do Hospital dos Usineiros. Então, de um lado cortamos o Exército e um Hospital; não são coisas simples, além de várias casas desapropriadas” citou o governador.

 

 “Do outro lado, no Eixo Cepa, nós cortamos o Centro Educacional de Pesquisa Aplicada, que é o maior complexo educacional do Estado, o que não é fácil; cortamos um terreno da Casal, do Ibama e uma série de outras residências que foram desapropriadas, então a relação institucional para fazer uma obra como essa é complexa, não é simples”, observou.


Assim como o Quartel, o Eixo Cepa vai amenizar os extensos congestionamentos no principal corredor de transportes de Maceió: a Avenida Fernandes Lima.

 

Viaduto da PRF


Outra importante obra citada pelo governador foi a construção do Viaduto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
“É também uma obra histórica, que, no mínimo, há 30 anos se fala aqui, mas ninguém a fez. Quando assumimos, não havia sequer o projeto. Então, a gente fez o projeto e o dinheiro foi viabilizado. Eu agradeço também ao ministro Maurício Quintella pela parceria, em Brasília”, destacou Renan Filho.

 


Ele citou, ainda, a implantação de 50 escolas em tempo integral em três anos de gestão, onde estão matriculados para 2018 cerca de 12 mil alunos e fez uma comparação com a rede do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), que possui mais de 50 anos de existência no Estado e aproximadamente 20 mil alunos.

 

 

 

“Nós estamos tirando do papel obras históricas, afinal estamos com o Hospital da Mulher quase pronto e subindo o Hospital Metropolitano, o maior investimento em saúde pública da história de Alagoas. Nós entregamos a adutora do Alto Sertão, a Casal está fazendo o maior volume de investimentos de sua história e fizemos mais de 800 km de rodovias. O Canal do Sertão, quando assumimos, tinha apenas 50 km com água, hoje tem 115 km. Então, existem muitas obras entregues e concluídas. Nós ainda temos o quarto ano e no quarto ano vamos intensificar as ações, porque muitas delas já estão andando, com as licitações prontas, projetos feitos e consequentemente teremos um ritmo mais forte em 2018”, concluiu.