Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 20 Novembro 2017 12:00
SEGURANÇA ALIMENTAR

Governo lança nesta terça-feira (21) novo programa de Cestas Nutricionais e Básicas

Cerimônia acontece a partir das 10h, no Salão Aqualtune do Palácio República dos Palmares

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Programa que retoma a distribuição de cestas básicas e nutricionais será lançado nesta terça-feira (21) Programa que retoma a distribuição de cestas básicas e nutricionais será lançado nesta terça-feira (21) Márcio Ferreira
Texto de Renata Bello

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Pereira, lançam nesta terça-feira (21) o Programa de Complementação Alimentar, voltado a gestantes, nutrizes e crianças alagoanas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar. A solenidade que celebra a retomada a retomada da distribuição de cestas básicas e nutricionais em Alagoas acontecerá às 10h, no Salão Aqualtune, no Palácio República dos Palmares e contará com os prefeitos e secretários municipais.

 

Fernando Pereira explica que o programa de complementação alimentar e nutricional terá caráter permanente na gestão de Renan Filho para assegurar o direito humano à alimentação adequada da gestante e nutriz, garantindo os nutrientes necessários para o desenvolvimento de seu bebê.

 

“Esta é uma das ações que o governador Renan Filho tratou, durante todo o processo, como prioritário em sua gestão. Com a entrega das cestas estaremos minimizando a carência nutricional das gestantes e nutrizes em situação de pobreza e promovendo ações de Educação Alimentar e Nutricional, como medidas preventivas à garantia da boa nutrição”, disse.

 

De acordo com a Superintendência de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), serão entregues, mensalmente, cerca de 25 mil cestas. O quantitativo exato está condicionado às informações inseridas pela equipe de Atenção Básica da Saúde nos municípios.

 

“É importante que a equipe de assistência social esteja alinhada com a equipe de saúde, pois eles trabalharão juntos no intuito de atingir todas as mulheres com perfil para receber as cestas”, disse o secretário.

 

As cestas são certificadas pelo Inmetro e compostas por 14 itens fundamentais para combater a desnutrição de gestantes e recém-nascidos, entre os itens estão aveia, proteína, cálcio e ferro. O recurso para aquisição é proveniente do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), que vem investindo para garantir segurança nutricional às gestantes.