Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 06 Outubro 2017 19:41
fortalecendo a educação

Seduc promove Seminário Estadual de Legislação Educacional na 8ª Bienal do Livro

Evento visa proporcionar o fortalecimento dos Sistemas e dos Conselhos de Educação

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Evento tem como principal intuito proporcionar o fortalecimento dos Sistemas e Conselhos de Educação, na perspectiva do regime de colaboração entre os federados Evento tem como principal intuito proporcionar o fortalecimento dos Sistemas e Conselhos de Educação, na perspectiva do regime de colaboração entre os federados Fotos: Luana Santana
Texto de Luana Santana

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com a União dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), Conselho Estadual de Educação (CEE/AL) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), realizou nesta sexta-feira (6) na 8ª Bienal Internacional do Livro, no Centro de Exposições Culturais Ruth Cardoso, o Seminário Estadual de Legislação Educacional.

 

O evento tem como principal intuito proporcionar o fortalecimento dos Sistemas e Conselhos de Educação, na perspectiva do regime de colaboração entre os federados.

Foto: Luana Santana

De acordo com o presidente do CEE/AL, professor Eliel de Carvalho, o seminário traz à tona conhecimentos muito importantes com relação à regularização das escolas, a vida escolar dos alunos e à atualização, inclusive dos arquivos entre as escolas e entre inspeção. “Este seminário representa um avanço para a educação, principalmente no tocante à legislação de ensino, que precisa ser atualizada”, frisa Eliel.

Foto: Luana Santana

Concretização - O gerente de Apoio à Gestão Escolar da Seduc, Pedro Quintella, destacou a importância do seminário. “Este é um momento de verificar legislação, transparência, trabalhar as políticas públicas de forma a melhorar a educação”, declara Quintella.

 

Encerrando as apresentações, a professora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e presidente do Conselho Municipal de Educação de Maceió, Elisângela Mercado, pontuou a questão dos direitos da pessoa com deficiência na educação. 

Foto: Luana Santana

"Historicamente, o Brasil é o país que mais tem garantia aos direitos da pessoa com deficiência, em contrapartida, às práticas ao direito ainda deixam a desejar. Nós, como conselheiros, temos um papel importante de tomar conhecimento e zelar pelos nossos direitos e ajudar a sociedade a ter esse entendimento”, afirma.