Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 05 Outubro 2017 16:40
INTEGRAÇÃO

Seduc fortalece vínculo do Escola 10 com as redes municipais de ensino

Programa promove a integração entre Estado e municípios para a melhoria dos índices educacionais

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Em reunião com gestores e articuladores municipais de ensino, secretário Luciano Barbosa defende a união em defesa da educação Em reunião com gestores e articuladores municipais de ensino, secretário Luciano Barbosa defende a união em defesa da educação (Fotos: Valdir Rocha)
Texto de Lucas Leite

O vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, reuniu-se, nesta quinta-feira (5), com secretários municipais de Educação, articuladores de ensino e gestores municipais para discutir o Programa Escola 10 e as ações finais para a realização da Prova Brasil, que acontece entre 23 de outubro e 3 de novembro. O encontro aconteceu no auditório Pajuçara, do Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá, durante a 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas.

 

Luciano Barbosa ressaltou que o Escola 10, programa de união e integração entre Estado e municípios para a melhoria dos índices educacionais do Estado, tem como base três vertentes: o combate à evasão e à repetência e a garantia de que os alunos aprendam o conteúdo passado pelos educadores.

 

Valdir Rocha

 

“Com o combate à repetência, não queremos dizer que aprovaremos os alunos que não absorverem o conteúdo, mas, que nós temos que procurar melhores formas de tornar a escola atrativa e fazer com que eles aprendam da maneira correta”, explica o secretário.

 

União de forças

 

A vice-prefeita e secretária de Educação de Quebrangulo, Andréa Maia Lima, aprova a iniciativa do Governo de Alagoas em unir as redes de educação para beneficiar os estudantes.

 

Valdir Rocha

 

“Achei esse encontro na Bienal ótimo, pois estamos na reta final para a Prova Brasil e o evento nos dá um gás a mais e nos motiva. O Governo está nos dando todo apoio necessário, além dos esclarecimentos de dúvidas. O trabalho é feito em conjunto; vai desde o professor ao gestor estadual ou municipal de Educação e, por isso, tem dado muito certo. Tenho certeza que Alagoas vai aumentar muito o Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] este ano”, diz Andréa Lima.

 

A secretária municipal de Porto de Pedras, Márcia Cristina Cunha Matos de Vasconcelos, concorda com a colega e afirma que, além da preparação para os estudantes, o programa Escola 10 está servindo para atualizar e capacitar ainda mais os professores.

 

“O material que nos foi passado é muito bom e serve para atualizar nossos professores nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Em Porto de Pedras, entre as ações do Escola 10 estão um reforço escolar que estamos realizando durante a semana e em um final de semana do mês, com aulão para os estudantes”, informa a secretária.

 

Márcia Cristina fala também sobre a importância dos articuladores de ensino como elo entre o Estado e os municípios. Os articuladores de ensino são responsáveis pelo acompanhamento pedagógico e pela formação de professores a serviço do município, trabalhando com base nos resultados de avaliações externas.

 

Valdir Rocha

 

“Os articuladores conhecem a realidade das escolas da cidade e têm um canal de comunicação muito melhor para repassar as orientações recebidas. Nós decidimos manter a função em 2018, pois está ajudando bastante na educação da cidade”, finaliza Márcia Cristina.

 

O encontro na 8ª Bienal do Livro proporcionou a interação entre os gestores, secretários e articuladores. Na ocasião, a gerente de Educação Básica, Fabiana Dias, e o supervisor de estatísticas da Seduc, Ademir de Oliveira, realizaram um bate-papo para tirar dúvidas e dar dicas ao público presente.