Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 22 Setembro 2017 15:38
JOGOS ESCOLARES

Basquete garante mais uma medalha para Alagoas na etapa infantil

No total, foram três medalhas, sendo as duas primeiras no judô

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Basquete alagoano foi grande destaque nos Jogos Estudantis com mais uma medalha na etapa infantil Basquete alagoano foi grande destaque nos Jogos Estudantis com mais uma medalha na etapa infantil Manuella Nobre, Ana Paula Lins e Washington Alves (Exemplus/COB)
Texto de Manuella Nobre e Ana Paula LinsFotos

O basquete feminino garantiu a terceira medalha alagoana na edição 2017 dos Jogos Escolares da Juventude (JEJs), etapa infantil (12 a 14 anos) encerrada nesta sexta-feira (22), em Curitiba- PR. O Estado já havia conquistado duas medalhas na competição com o judô. 

 

Após superarem vários desafios, as atletas do Colégio Padrão Janiele Felix, Maria Aparecida (Cida), Kayllane Leticia, Franciele, Livia Ribeiro, Larissa, Sofia e Naomy, lideradas pelo treinador Ricardo Amorim, sentiram o doce gosto de receber das mãos da campeã olímpica de basquete Iziane Marques as suas medalhas de bronze.

 


"Esse grupo já vem tentando há dois anos participar da etapa nacional, mas só este ano conseguiu se classificar. A equipe foi reforçada e se tornou ainda mais competitiva, participando de algumas competições preparatórias até chegarmos em Curitiba. Graças a Deus o objetivo foi alcançado", disse o treinador Ricardo Amorim.

 

Foto: Ascom/Seduc

 


"Estamos voltando para Maceió com a medalha de bronze no peito. Ver o sorriso e a alegria no rosto delas não tem preço. Elas mereciam essa conquista, eu só tenho a agradecer os pais pelo apoio incondicional, ao colégio Padrão, ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, por investir no desporto, e a toda delegação, que apoiou e vibrou conosco em casa conquista", completou o treinador.

 


Na disputa das modalidades coletivas, outros resultados expressivos foram conquistados pelo handebol masculino do Complexo Educacional Agostiniano, de Palmeira dos Índios, e o voleibol feminino do Colégio Santa Úrsula, que ficaram com a quarta colocação nacional em suas categorias.

 


"Enfim e por fim estamos voltando para Palmeira dos Índios com a sensação de dever cumprido. Sei que poderíamos ficar melhor colocados, mas vivenciar os Jogos Escolares com esses meninos foi muito gratificante. Vimos que Alagoas não está tão distante dos grandes centros no handebol escolar", avalia Murilo Barros, técnico do Agostiniano.

 

Foto: Ascom/Seduc

 

 

Modalidades individuais


Nas modalidades individuais, o destaque ficou por conta do judô, com duas medalhas conquistadas pelos estudantes Luiz Filipe Alves, da Escola Estadual Theonilo Gama, ouro na categoria Leve Masculino e Hemily Lopes, do Colégio Padrão, bronze na categoria Super Ligeiro Feminino.

 

 

Este ano, o judô alagoano repetiu o resultado alcançado em 2016 na etapa infantil dos Jogos Escolares, quando foi ouro com Maria Eduarda Mata (Escola Estadual Saturnino Souza, de Matriz de Camaragibe) e Adilson Verdino (Escola Estadual Theonilo Gama).

 


O Estado também teve resultados positivos com o badminton, xadrez e ginástica rítmica. No primeiro, o Colégio D' Lins chegou às quartas de final com a dupla mista Pedro Jobson Souza e Maria Larissa Oliveira e com o aluno Pedro Jobson também no individual masculino. É o melhor resultado do badminton alagoano na história dos JEJs.

 

Foto: Ascom/Seduc

 

No xadrez, o Estado melhorou sua posição no ranking feminino, passando de 24º , em 2016, para 10º em 2017 com a atleta Carollyne Vitória dos Santos, da Escola Municipal Cláudio Daniel Amorim, de Coruripe.

 

Já na ginástica rítmica, Maria Eduarda Arakaki, do Colégio Marista, ficou em 7º lugar na classificação geral da Primeira Divisão da Ginástica Rítmica, onde 32 ginastas competiram. A ginasta também chegou à finais dos aparelhos bola e arco, onde ficou, respectivamente, em 6º e 8º lugares.


Juvenil


A próxima etapa dos JEJ, a juvenil (15 a 17 anos) acontece de16 a 25 de novembro em Brasília.